quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Era Maemo, depois MeeGo e agora é Tizen!

O Maemo começou com a Nokia por volta de 2005. Cheguei a ver um protótipo do N770 em Manaus nesse ano. Vieram os tablets N800, N810 e finalmente o melhor celular de todos os tempos, o N900!
Depois veio a parceria com a Intel e surgiu o MeeGo. Isso foi em 2010. E somente em 2011 veio à luz o Nokia N9, o primeiro, único e último smartphone com MeeGo!
A Nokia pulou da plataforma em chamas direto para as profundezas, seduzida pelo canto da sereia chamada Windows Phone 7.
A Intel ficou sozinha, mas não por muito tempo: a Samsung, maior fabricante de celulares do mundo (outrora esse posto era da própria Nokia), dona dos Androids de maior sucesso do mercado (Galaxy S e Galaxy S II) e de seu próprio sistema móvel baseado em Linux, o bada, veio em seu auxílio!
E eis que das cinzas do MeeGo nasce o Tizen!
Oficialmente o Tizen é mantido pela Linux Fundation.
A ideia é que o Tizen rode não só em smartphones, mas também em tablets, GPS, netbooks e até em PCs.
Qual será o destino do bada? Fusão com o Tizen?
E o WebOS, continuará ameaçado de extinção ou a nova direção da HP tem planos gloriosos para ele?
E o ChromeOS do Google? Vai esperar quantos outros concorrentes entrarem no mercado para mostrar todo seu potencial?
Essas e outras respostas veremos nos próximos capítulos da cada vez mais emocionante e intrincada novela dos sistemas móveis baseados em Linux!
Não percam! Num blog perto de vocês!


Nenhum comentário: