terça-feira, 2 de junho de 2009

Um dia sem Internet

Comecei minha vida profissional em 2002 como engenheiro de redes de uma grande empresa federal.
Quase 7 anos depois, já mudei de uma empresa federal para outra, mas continuo na área de redes.
É, no mínimo, interessante constatar como as grandes empresas são total e completamente dependentes dos serviços de redes, principalmente da Internet.
Por isso, um dia sem acesso a Internet é, com toda a certeza, um dia de trabalho perdido!
Nossa dependência da tecnologia aumenta exponencialmente ano a ano.
Infelizmente o ser humano, como espécie, tem a tendência de esquecer sua própria história. Com isso não valoriza todo o esforço que foi feito pelos nossos antepassados para que chegássemos onde chegamos.
Por isso tenho receio, medo até, que um dia nossa espécie abra mão de sua responsabilidade histórica sobre seu próprio destino em prol de uma falsa comodidade.
Como já foi dito uma vez: "O preço da liberdade é a eterna vigilância!".
O problema vai ser quando não formos mais nós mesmo a nos vigiar!...
Alguém aí já assistiu o novo filme da sequência do Exterminador do Futuro?!

Um comentário:

Japz disse...

Realmente... o Salvation mostra bem isso.