sexta-feira, 10 de outubro de 2008

A ovelha negra da família EeePC

A filial japonesa da Asustek Computer alertou proprietários de seu novo desktop de baixo custo Eee Box que a máquina foi distribuída com um vírus.
O disco "D" no Eee Box B202, lançado no Japão na semana passada, contém um arquivo de vírus chamado "recycled.exe".
Quando o drive é aberto, o vírus começa a se copiar sozinho no disco "C" da máquina e em outros discos removíveis (como drives USB) conectados ao computador.
Pelo adesivo na parte frontal da máquina e pelo uso dos termos "C" e "D" para denominar partições, acredito que todos já saibam qual sistemas operacional roda nesse computador.
Desta forma, de modo algum vejo o fato do tal vírus vir pré-instalado na máquina como algo ruim.
Acredito que a Asus, mais uma vez, sai na frete e antecipa uma tendência: vírus de fábrica!
A grande vantagem é que eles já devem ser homologados pela empresa que vende o supracitado SO.
Isso me lembra uma vez na lista Linux Pai d'Égua quando, por brincadeira, disse que os vírus e outras pragas virtuais deviam ser produzidos por certa empresa monopolista de software, só para vender mais anti-vírus, anti-spyware, etc.
Chamaram-me de louco na época...
O que diriam agora, depois de um caso como esse?
Fonte: IDG Now!

Nenhum comentário: