sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Farra com dias contados

A chegada do operadora de telefonia Claro no mercado paraense não está sendo boa somente para o setor de telefonia (tem empresa que nunca "deu" aparelho de "graça" antes, e agora está adotando desesperadamente esta prática!). A palavra "Promoção" virou eslogam nas vitrines das lojas concorrentes.
Para o setor de Internet de banda larga está sendo um verdadeiro alento!
Tudo bem que a empresa que fornece ADSL aqui não pratica os preços abusivos que pratica em Manaus, por exemplo. Mas ela fornece o serviço somente onde quer e da forma que quer.
A saída natural seriam os provedores que fornecem link de rádio. Mas aí é que a porca torce o rabo!
Além de praticarem preços fora da realidade (mais de R$ 100,00 por parcos 128kbps), proibem o cliente, por contrato, de compartilhar a conexão, oferecendo a possibilidade de contratação de "pontos adicionais", por metade do valor do primeiro ponto. Dá pra acreditar numa coisas dessas? A desculpa é insólita: preservar a "qualidade" da conexão!
Com o 3G da Claro, esses dias de esbórnia estão fadados ao mais miserável fim.

Nenhum comentário: