sexta-feira, 25 de julho de 2008

Chega às lojas celular Open Source

"Neo FreeRunner" roda Linux e pode ter o software e a aparência modificados à vontade
Rafael Rigues - 04/07 - 17h49
Aproveitando a data do 4 de Julho, quando os norte-americanos comemoram seu dia da independência, a OpenMoko anunciou o lançamento de seu mais novo smartphone desenvolvido de acordo com uma filosofia Open Source, chamado Neo FreeRunner.
Este é o segundo telefone celular desenvolvido pela OpenMoko. O primeiro modelo, batizado de Neo 1973, foi vendido em meados de 2007 apenas a desenvolvedores envolvidos no projeto, como uma espécie de plataforma de testes para idéias em software e hardware.
O sistema operacional do aparelho é 100% software de Código Aberto (Open Source) baseado no Linux, e todo o código-fonte está disponível para download gratuito, permitindo a entusiastas, revendedores e operadoras a modificação e personalização do software de acordo com suas necessidades, e facilitando a criação de novos programas sem a necessidade de aquisição de caras licenças de desenvolvimento.
O aparelho é um celular GSM Tri-Banda (em duas versões, 850/1800/1900 MHz e 900/1800/1900 MHz) com um processador de 400 MHz, 128 MB de RAM e 256 MB de memória Flash, expansível com cartões MicroSD. Apesar de não ser um celular 3G, tem Wi-Fi, GPS e Bluetooth embutidos. A tela de 2.8 polegadas e alta resolução (480x640 pixels) é sensível ao toque, e o aparelho vem equipado com dois sensores de movimento similares aos encontrados no iPhone.
Com preço inicial sugerido de US$ 400, ele será vendido via web e em lojas na Europa, India e América do Norte. Inicialmente ele virá equipado com software básico, apenas com as funções de discagem, mensagens SMS e livro de endereços. Os desenvolvedores prometem atualizações futuras que adicionarão gratuitamente novas funções ao aparelho, como MP3/media player, navegador e mapas, entre outras.
Fonte: iG.

Nenhum comentário: